por Diego Honorato

Finalmente lançada em 01/setembro/2021 a nova Royal Enfield Classic 350! O modelo corresponde a 80% das vendas da marca no mercado indiano, e sua atualização era amplamente esperada por todos. A plataforma é a mesma da Meteor 350 já lançada 10 meses antes, mas agora com as devidas modificações visuais para o estilo vintage/clássico do modelo. 

FORAM LANÇADAS QUATRO VERSÕES:

REDDITCH : é a versão de entrada e não tem nada a ver com aquela série Redditch Classic 500 que vendeu aqui em 2019/2020. Vai ocupar lá na Índia o espaço que era dos modelos Bullet e Electra. Vem com pintura sólida no tanque em cinza escuro e verde clarinho, sem grafismos, só o logotipo adesivado e o restante da moto em preto. As rodas são raiadas, e possui ABS de um canal (ou seja, apenas na roda dianteira). O freio traseiro é a tambor.

 

HALCYON : a segunda versão equivale às versões normais antigas. Vem com o grafismo mais tradicional com a “gota” no tanque, e paralamas na cor da moto, As cores são Preto sólido, Verde sólido e Azul-calcinha sólido (eles chamam de Grey/cinza). O ABS é de dois canais (nas duas rodas, raiadas!).

 

SIGNALS : depois vem a versão Signals, que fica no lugar das militares. Homenageia as forças armadas indianas. Possuem ABS dois canais e pintura fosca nas cores cinza escuro e areia, com as laterais na cor da moto, sendo motor, escape e outros detalhes em preto.

 

DARK : são as foscas civis (ou não-militares). Equivalem às antigas Stealth Black e Gun Metal Grey. Também com ABS de dois canais, e vem com rodas de liga leve. Paralamas e laterais na cor da moto, sendo motor, escape e outros detalhes em preto.

 

CHROME : Bem ao estilo anos 60, vem nas cores vermelho sólido e marrom metálico no tanque e paralamas. O emblema clássico no tanque, motor e escape com acabamento cromado e as rodas raiadas completam o visual vintage. O ABS também é de dois canais. É a única versão que possui o Tripper Navigator no painel, ficando como acessório opcional para as demais.

 

A faixa de preços (NA ÍNDIA) mostra o posicionamento de cada modelo. Sendo a REDDITCH a básica de entrada, e a CHROME ficando no topo da linha.

 

MATÉRIAS JORNALISTICAS EM PORTUGUÊS COM MAIS DETALHES:
– Webmotors : Royal Enfield lança a nova geração da Classic 350
– Motoo : Royal Enfield lança a nova Classic 350
– Motor1 : Classic nova geração

Iniciada em São Paulo pelo Carlão Azeitona em 2019, a Ação Social 3456 tem objetivo de reunir os participantes e apoiar instituições e entidades de assistência comunitária. O nome 3456 reflete as cilindradas dos modelos Royal Enfield (350, 411, 500 e 650).

O calendário planejado é de 4 eventos por ano. Desde seu início em 2019 já foram realizadas várias edições, levando alimentos e apoio para quem precisa!

Não fique fora da próxima! Participe, é super-fácil! Fique ligado na programação pelo instagram do Royal Riders SP, ou entre em contato com royalriderssp@gmail.com

No vídeo abaixo, Carlão explica tudo sobre a Ação Social 3456!

É normal ao ser humano possuir manias, crenças e superstições, e elas são mais comuns do que você pode imaginar na cultura do motociclismo. Abaixo estão listadas algumas das crenças mais comuns do motociclismo ao redor do mundo. Confira!

  1. Sinos guardiões (“Guardian Bell”)

O “sino guardião” (“Guardian Bell”) ou “ride bell”, um pequeno sino de prata ou bronze preso à parte mais baixa do quadro de uma motocicleta, é supostamente uma arma poderosa contra o azar trazido pelos “gremlins da estrada”. Dizem que esses espíritos malignos, seres lendários do motociclismo global, são atraídos pelo som agradável, mas depois ficam presos no sino, cujo toque constante os deixa malucos.

  1. Motocicletas verdes

Algumas pessoas acreditam que motocicletas verdes dão azar… mas por quê? Uma das teorias remonta à Segunda Guerra Mundial, quando as motocicletas WLA da Harley-Davidson®, feitas para o exército americano e pintadas de verde, eram usadas por mensageiros que se tornaram os principais alvos de atiradores. Outra teoria sugere que as mesmas WLAs, reformadas para uso civil, estavam tão desgastadas após servirem na guerra que quebravam com muita frequência. Mas os diabos verdes não precisam se preocupar, já que não há evidências de que a cor da motocicleta esteja ligada à falta de sorte.

  1. Pedaleiras do garupa

Muitos motociclistas se certificam de que seus pedais ou pedaleiras traseiras fiquem dobradas para cima se não tiverem um passageiro, porque deixá-las abaixados poderia animar os espíritos malignos a pegarem uma carona. No entanto, quando estão pilotando em um cortejo fúnebre para um motociclista que faleceu, os pedais geralmente são deixados abaixados para, simbolicamente, transportar o finado em seu último passeio. É claro que deixar as pedaleiras do garupa levantadas se não estiverem em uso é uma precaução sensata, já que os pés do piloto podem esbarrar nelas e ficar presos.

  1. Ajuda aos companheiros pilotos

Se você vir um companheiro motociclista parado no acostamento da estrada, seja por qualquer motivo, é amplamente considerado que se não parar e oferecer ajuda lhe trará má sorte. A crença está relacionada ao conceito de “carma”: supostamente, se você não parar, outros não vão parar para você quando estiver precisando de ajuda. Seja qual for o fundamento dessa superstição, o resultado final é que os motociclistas sempre tomam conta uns dos outros, o que só pode ser uma coisa boa.

  1. A bênção do motociclista

Trata-se da tradição segundo a qual os motociclistas são abençoados por um líder religioso na esperança de que este lhes conceda proteção para os próximos passeios. Muitos eventos de motociclismo agora realizam uma bênção do motociclista — geralmente não denominacional, para ser o mais inclusiva possível — como parte das comemorações, para dar aos motociclistas uma sensação de segurança antes de partirem para casa.




Olá caros amigos royaleiros.

Por meio da planilha abaixo pretendo apenas apresentar minhas marcas de consumo conforme meu uso, que basicamente foi respeitando os limites de velocidade determinada nas vias por onde rodei !

Me comprometo em atualizar sempre que possível … Obrigado

DATAodo parcialKM FINALLITROSCONSUMO
09/05/2020172,32178,78,96219,23
31/05/2020226,32405,49,33624,24
13/06/2020187,32592,76,72027,87
19/06/2020154,22746,95,12830,07
04/07/2020220,92976,87,24730,48
17/07/2020198,73166,69,04621,97
24/07/2020206,83373,47,81126,48
04/08/2020248,73622,29,39926,46
26/08/2020235,03990,28,70227,01
29/08/2020240,64230,98,77027,43
29/08/2020268,04490,09,67027,71
19/09/2020224,44723,48,30327,03
25/09/2020249,34972,88,81028,30
02/10/2020249,95222,79,41826,53
06/10/2020214,75437,47,97026,94
06/10/2020203,65641,06,84029,77
07/10/2020264,05905,19,71027,19
08/10/2020199,06104,26,63929,97
08/10/2020211,66315,97,63627,71
19/10/2020209,46525,27,28028,76
total de km =4384,7total de litros =163,39726,83